O interessante dessa primeira etapa de organização seguindo o método KonMari foi sempre estar me questionando de quantas coisas eu preciso. Quantos pares de meia realmente eu uso? Quantas toalhas são necessárias para uma casa com uma pessoa e 2 visitas? Pra que tanta fronha, gente?

Quantos paninhos são necessários para viver?
Quantos paninhos são necessários para viver?

É justo o exercício de colocar tudo de uma mesma categoria junto, ver o quanto de itens repetidos temos, que facilita a decisão de ficar ou se livrar de uma peça. Uma amiga que está seguindo o método ficou assombrada pelo número de camisetas pretas iguais que tinha. Outra se tocou que das 3 camisetas brancas que tinha, uma só se salvava enquanto ela não comprava outra para substituir.

Como saber quantas peças eu preciso?

Tirado os momentos em que realmente percebemos ter uma quantidade exagerada de itens, a grande questão é quantos itens de uma categoria você realmente necessita ter para não passar por um aperto quando chegam visitas, por exemplo. Como saber quantas peças precisamos para nos sentir seguros? Fiz uma pesquisa e um dos critérios mais conhecidos apelidei de “Mínimo de 3”, um minimalismo que faz todo o sentido. Segundo ele, você precisa de três itens para viver:

  • 1 que você está usando
  • 1 no armário
  • 1 na lavanderia

Eu, que sou um pouco desastrada, adicionaria um quarto item de backup. Fiz isso com os lençóis da cama king, que costumam ser bem mais caros. Investi em lençóis mais caros, com mais fios, com uma durabilidade maior. A conta super funcionou, dá pra intercalar entre os quatro sem problemas.

O outro eu chamo de “Contra números não há argumentos”, encontrei no blog Unclutter.

(Número de habitantes + Quarto de hóspedes) x 2 = Conjunto de toalhas de banho

Eles mesmo apontam que essa medida pode não ser a ideal, porque os seus visitantes dificilmente vão usar uma toalha de backup. Eu na verdade trocaria a expressão “quarto de hóspedes” por número de camas, já que você pode ter mais de um hóspede por quarto. Além disso, dessa forma dá pra aplicar a fórmula também pras roupas de cama. A equação ficaria assim:

(Número de habitantes + Número de camas extras) x 2 = Conjunto de toalhas de banho/roupas de cama

Também dá pra fazer um combo “Mínimo de 3 + Contra números não há argumentos”:

(Número de habitantes + Número de camas extras) x 3 = Conjunto de toalhas de banho/roupas de cama

Você conhece algum outro critério? Compartilhe nos comentários!