Parte 1- Vestidos ❤

Vestidos são lindos, femininos, práticos, soltinhos, amor! Mas acho que são a categoria que mais sofriam com o efeito caos da memória: estavam tão amontoados que volta e meia um deles era engolido pelos coleguinhas. E nesse processo de fagocitação, encontrei 4 peças que não deviam estar no meio dos vestidos e que mereciam partir.

IMG_4719
Só alguns vestidinhos #louca

Eu costumava guardar vestidos de alça no meu quarto e os de manga no quarto das visitas, mas depois da sessão de organização, resolvi concentrar tudo num mesmo armário. Alguns dias depois já deu pra sentir que ficou mais fácil escolher o que vestir. Além disso, com tudo junto, acabei descartando mais 4 vestidos que, na comparação com outros da mesma cor, já não estavam mais em seu primor (coitados, RIP).

No segundo quarto, a prateleira que fica acima das gavetas acaba ficando quase sem espaço de utilização. Aqui quero guardar as radiografias. Elas vão ficar bem acomodadas e fáceis de pegar na hora das consultas (sou tortinha, tenho váaaarias radiografias).

Vestidos arrumados! Já o resto…

Parte 2 – Casacos

Casacos são o tipo de peça que você só não xinga pelo espaço que tomam porque lembra que eles te salvam das friacas do mundo. Eu tenho 3 doudounes que adoro, mas que praticamente tomam quase um terço do espaço do armário.

Marie Kondo é contra colocar peças em lugares de difícil acesso porque isso diminui ainda mais a chance de você usar qualquer coisa. Fato. Resolvi colocar os casacos dobrados na prateleira de cima. Além de livrar espaço na arara, ainda ganhei em altura na prateleira de baixo, onde provavelmente vou colocar bolsas em uma próxima etapa.

O antes e o depois dos casacos
O antes e o depois dos casacos

Balanço: 18 vestidos, 4 peças fagocitadas e 5 casacos a menos. Perdi a conta dos cabides!