Eu tenho dois armários em casa, um que teoricamente é de verão e outro de roupas de inverno. Sim, eu acho que é muita coisa, mas eu nasci-assim-eu-cresci-assim-e-sou-mesmo-assim-mas-tô-tentando-ser-menos-Gabrieeela.

Aaaaa eeeeexplodirrrrr de coisas :O
Aaaaa eeeeexplodirrrrr de coisas :O

Antes, a quantidade me fazia sentir que eu estava preparada pra qualquer clima, afinal de contas, viver em São Paulo é aplicar o método cebola de se vestir pra encarar a chuva de manhã, o calor de 18 graus na hora do almoço e o frio congelante na hora de sair do trabalho. Agora eu sinto que vivo pulando algumas peças, ou que nunca tenho o top certo praquela saia dourada bapho. Como lidar?

A ordem do método KonMari pede que eu comece com os tops. Tudo deve ser retirado do armário e colocado lado a lado. Dou uma vasculhada no outro guarda-roupa pra ver se não tem nenhum por lá, todos os tops da casa devem estar juntos pra triagem. Olha que belezinha de pilha. Alô, Acumuladores?

“Alô? Acumuladores?”

É mesmo fácil detectar aquela blusinha querida que sempre cai bem no dia em que você não está com muita paciência pra escolher o que usar. Outro ponto pra Marie é que de fato ter tudo num mesmo campo de visão ajuda a reduzir porque na hora você percebe que há um limite para quantas blusinhas pretas você precisa. Manipular também traz o critério de desempate da textura, acabei descartando tudo que tinha um toque áspero.

Como ficou o armário organizado

A barra de cabides já ganhou uma sobrinha. Não é ainda o ideal, mas acho que já vai ser mais fácil visualizar as coisas. Acho que bom mesmo só quando eu fizer a triagem das saias e calças.

A barra um pouquiiinho mais leve
A barra um pouquiiinho mais leve

As blusas no nicho do guarda-roupa não seguem as regras de Marie por enquanto. Segundo as regras, elas deveriam estar em uma gaveta, dobradas em retângulos, para facilitar a visualização. Eu tenho umas caixas de plástico que quero esvaziar numa etapa futura da organização e aproveitar pra colocar aqui, então por hora as minhas camisetas vão ter que ficar empilhadas. Pelo menos já consegui encaixar blusas mais quentinhas que tinha colocado no outro armário por falta de espaço decente.

Ainda sem a organização final, mas já beeem melhor
Ainda sem a organização final, mas já beeem melhor

Balanço: 54 peças, 11 cabides a menos no armário. O negócio todo é viciante e acabei fazendo também a triagem de saias/calças e de roupas no cabide no mesmo dia. Só fico pensando se vou ter o mesmo pique quando chegar a hora de coisas mais chatinhas, como meias e papelada.